A cura de Frederica através do lenço com lágrimas de Cristo em Medjugorje

A cura de Frederica através do lenço com lágrimas de Cristo em Medjugorje

frederica6Queridos amigos e amigas, para a maior glória de Deus leiam e compartilhem este nosso testemunho de modo que a mensagem de fé e de esperança dela em defesa da vida desde o momento da concepção possa alcançar o maior número de pessoas possível.

Tire algum tempo e leia tudo ! E se você quiser depois partilhar clique em curtir em nossa página do “Grupo de oração eucarístico”, assim você poderá acompanhar as nossas próximas publicações.

Nosso abraço e agradecimento de todo o coração !

Meu marido e eu nos casamos em 2001. O primeiro filho que o Senhor nos deu foi um menino, Simon, que nasceu em 2004. Em fevereiro de 2006, fiz um teste de gravidez e o resultado foi positivo.

Nós queríamos outra criança e ficamos encantados com esta nova gravidez e esperava que agora o Senhor pudesse nos dar uma menina.

SURPRESA ABSOLUTA

No entanto, durante o quinto mês de gravidez, em 30 de junho de 2006 fomos ao meu ginecologista para fazer uma ultrassonografia morfológica. Nós esperávamos com ansiedade pelo momento em que saberíamos o sexo do bebê.

Assim o doutor começou a fazer o ultra som e a descrever o que estava vendo. Também nós, de mãos dadas, víamos o que ele via através de outro monitor ligado ao ultra som. Até aquele momento tudo bem. Então chegou o momento de observar a cabeça e saber o sexo do bebê e então nós iríamos para casa.

Mas quando o médico começou a examinar a cabeça, imediatamente a sua expressão serena e sorridente tornou-se preocupada. Percebemos imediatamente que havia algo errado. Quando perguntamos o doutor respondeu que “a cabeça do feto era maior do que o normal” e que eu deveria fazer uma ecografia de nível 2.

Mas para nós aquela resposta “evasiva” não bastava,. Nós queríamos saber imediatamente e em detalhes o problema com a nossa filha. Imploramos ao médico que nos dissesse logo a verdade e após vários pedidos insistentes nossos ele o fez. O diagnóstico foi este, de que a nossa filha estava com uma gravíssima má formação no cérebro. Ela estava sofrendo de ventricolomegalia (mais conhecida como hidrocefalia) e Agenesia do Corpo Calloso (que significa “não nascida ou ausência”  do corpo calloso).

Pedimos ao médico que nos dissesse o sexo do bebê. Era uma menina !

O QUE É A VENTRICOLOMEGALIA

frederica7Por Ventricolomegalia se entende como a dilatação dos ventrículos cerebrais e é causada pelo aumento do líquido cefalorraquidiano presente neles (o líquido cefalorraquidiano usado para permear, nutrir, lubrificar e proteger as estruturas do cérebro).

Os ventrículos cerebrais são 4 cavidades que existem dentro do cérebro e que se comunicam umas com as outras (vejam na imagem ao lado). Eles são distintos: O primeiro e o segundo (chamados de ventrículos laterais – LV) ficam dentro dos hemisférios cerebrais; o terceiro ventrículo no conteúdo mesencéfalo (3V); o quarto ventrículo contida na parte posterior do cérebro (4V).

Para “esvaziar” os ventrículos só com neurocirurgia: ou intervém diretamente na “obstrução” que impede o fluxo apropriado dos sistemas líquidos ou são realizados por meio de uma válvula e de um tubo para normalizar a pressão dos ventrículos e desviar o fluxo do líquido a partir da cavidade ventricular para outra parte do corpo (aurícula direita do coração e especialmente peritôneo).

O QUE É A AGENESIA DO CORPO CALOSO


Para agenesia corpo caloso (ACC) entende-se a ausência (agenesia) do corpo caloso, congênita. As interconexões corpo caloso bilateral dos hemisférios cerebrais assim que se comunicam entre eles. Os manuais de embriologia humana nos dizem que as fibras do futuro corpo caloso  começam a desenvolver (neuroblastos) no embrião quando o feto está no terceiro mês e meio de gestação. No quinto mês, o feto tem geralmente um corpo caloso com a forma e as características anatómicas que são tipicamente encontrados no adulto.

Os sinais clínicos da corpo caloso da agenesia são mais ou menos graves, dependendo das circunstâncias: há casos em que o ACC é assintomática, outros em que provoca retardo mental (por vezes graves) e / ou epilepsia.

PARA FREDERICA NÃO EXISTIA ESPERANÇA !!

frederica9
Ecografia de Nivel 2 de nossa filha. A cabeça de Frederica é vista do alto. A grande mancha escura é o ventrículo lateral esquerdo dilatado ou “água no cérebro”. Como pode ser visto claramente, o líquido tomou a maior parte do hemisfério cerebral esquerdo.

O médico nos disse que a ventricolomegalia de nossa filha era gravíssima (o ventrículo teve uma dilatação de 2,2 a 2,3 cm) e para compreender melhor a gravidade do caso de nossa filha, basta pensar que a maior parte reservada para os hemisférios cerebrais foi ocupado pelo líquido cerebroespinhal e para piorar o caso clínico estava presente também nela a agenesia do corpo caloso.

Sendo assim o médico nos aconselhou o aborto, porque para poder intervir cirurgicamente nós devíamos esperar que a criança nascesse, mas já seria tarde demais pois “a cirurgia cerebral após o nascimento serviria somente para não piorar a situação que já estaria irremediavelmente comprometida. A criança certamente estava com danos cerebrais e certamente teria problemas psicomotores serísssimos, talvez ficasse em estado vegetativo ou morresse pouco tempo depois do nascimento.

O MEU GRANDE DESESPERO

As palavras do meu ginecologista perfuraram o coração de minha mãe como uma espada. Ela voltou ao trabalho chorando rios de lágrimas.

Meu marido, graças à grande confiança em Jesus e Maria estava incrivelmente sereno e enquanto voltávamos para casa procurava me dar forças me dizendo que Deus é Pai e nos ama com um amor imenso. Que Deus não permite que tenhamos uma cruz maior do que nós humanamente possamos suportar. Que iríamos suportar a cruz confiando na oração. Que o sofrimento tem um grande valor aos olhos de Deus e que produz frutos espirituais para si mesmo e para os outros. Que Jesus e Maria certamente estariam próximos de nós e que sobretudo Jesus me daria o Espírito e a força para enfrentar tudo.

Mas qual Senhor ? Qual Nossa Senhora ? Porque justamente para mim este sofrimento ? Ao contrário do meu marido, eu nunca tinha feito uma caminhada na fé. Eu não sabia o valor do sofrimento. Eu acreditava em Jesus e Maria mas eu estava longe e pensei: “não é verdade que eles me ajudarão, porque eles já tinham decidido que seria assim!”. Eu estava desesperada e rejeitei com raiva tudo aquilo que o meu marido me dizia no seu propósito de consolar-me.

Tomei logo em consideração a possibilidade de abortar e logo em seguida começaram imediatamente as brigas com o meu marido que era irremediavelmente contrário.

A EFICÁCIA DA ORAÇÃO

Os sacerdotes pediram para que eu rezasse todos os dias porque, como disse antes, somente o Senhor e Nossa Senhora podiam me dar forças para enfrentar o momento difícil que eu estava atravessando e aqueles momentos que estariam me esperando no futuro. Também todos eles se comprometeram a rezarem por nós e por nossa filha, foram tantas as pessoas que rezaram por nós.

Comecei a rezar todos os dias, especialmente o rosário, umas vezes sozinha e outras vezes junto ao meu marido. Os sacerdotes estavam certos: graças à oração, o Senhor e Nossa Senhora não demoraram a se fazerem sentir dentro do meu coração, eu diria que não esperava nada além disso!

Na verdade, quanto mais eu rezava, mais eu sentia que Eles estavam próximos… quanto mais eu rezava, tanto mais eu compreendia e percebia o amor deles em nossos encontros… quanto mais eu rezava, mais aumentava a minha confiança neles… quanto mais eu rezava, mais eu sentia crescendo dentro de mim uma força e uma paz interior que eu não podia ter se “ALGUÉM” não me tivesse dado, e foi graças a esta força e a esta paz interior que passei todo o restante de minha gravidez de um modo incrivelmente sereno.

Agora eu compreendia de onde vinham a força e a serenidade do meu marido ! Claro, ainda existiam momentos em que eu chorava, mas as minhas lágrimas não eram mais lágrimas de desespero, mas de quem sabe que está fazendo a única coisa correta… de quem sabe que está fazendo um sacrifício de amor, e que está orgulhosa disto !

A ESPERANÇA DE RECEBER UM MILAGRE

Rezando, acendeu-se em mim a esperança de um milagre.

Esta era a oração espontânea que vinha do meu coração: “Senhor Jesus, se o Senhor sentir vontade, afasta de mim esta cruz, cura o meu bebê… mas se não é isto que o Senhor deseja, seja feita a Sua vontade. Senhor, faça com que esta cruz não esteja além das minhas forças… ajude-me a suportá-la e se a criança tiver muito o que sofrer, leve-a logo Contigo para o Céu.”

24 das 24 horas do dia fazia esta oração.

A RESPOSTA DE JESUS E MARIA PARA AS MINHAS ORAÇÕES: DUAS EXPERIÊNCIAS MARAVILHOSAS

No final de agosto, eu fiz outro ultrassom sem nenhuma melhora.

Naquela época aconteceram dois maravilhosos sinais dos quais nunca irei me esquecer.

1) Uma de minhas tias que era irmã religiosa, soube da grave malformação cerebral da minha filha foi rezar no túmulo do Papa João Paulo II nas grutas do Vaticano. Depois ela conseguiu e me deu um lenço vindo de Medjugorje (onde desde 24/06/1981 Nossa Senhora aparece a seis videntes e deixa mensagens para a humanidade nos dias 25 de cada mês). O lenço era branco e tinha impresso o retrato da Virgem. Este lenço tinha sido passado com fé no joelho da estátua do Cristo Ressuscitado localizado atrás da Igreja de Medjugorje e estava impregnado do líquido que exsudava dele.

Minha tia me aconselhou a estender o lenço na barriga e a rezar com confiança para Nossa Senhora. Então eu fiz. À noite, antes de dormir, o abria, e o estendia sobre a minha barriga, e comovida e esperançosa, rezava o Rosário.

Surpreendentemente, quase todas as noites, na primeira Ave-Maria, a criança me empurrava no útero com força (durante o dia o bebê quase não se movia e, se fazia isso, era de uma forma quase imperceptível).

O meu marido me explicou o porquê. Quando eu A invocava, Nossa Senhora subitamente vinha com Jesus e minha filha percebia a presença de Jesus e “exultava de alegria”. A mesma coisa aconteceu quando Maria foi visitar a Sua prima Izabel.

2) Uma noite me apareceram em sonho um homem e uma criança de mãos dadas, ambos vestidos de branco. Eles se aproximaram de mim e me tranquilizaram: “Não se preocupe, com a criança não aconteceu nada”. Eles não me disseram quem eram mas eu pensei que eram o Menino Jesus e São José.

ATÉ O FINAL, NENHUMA MELHORA

SAMSUNG DIGITAL CAMERA
O hospital CASA DO ALIVIO AO SOFRIMENTO em San Giovanni Rotondo, Itália.

Padre Bento nos aconselhou a fazer o parto da criança na Casa do Alívio ao Sofrimento em San Giovanni Rotondo, fundada por Padre Pio porque ali existe um excelente departamento de neurocirurgia.

A Casa Alívio do Sofrimento de Padre Pio parecia o lugar ideal para operar a nossa filha “porque” a cirurgia no cérebro serviria somente para não piorar uma situação que já estava irremediavelmente comprometida ; portanto, nós aceitamos o seu conselho, e nós concordamos com antecedência a data de admissão. A data prevista para o nascimento foi em 1 de novembro de 2006, mas eu fui antes em 11 de outubro porque era necessário tempo para estudar bem o caso e planejar a cirurgia.

UMA ENORME SURPRESA

“A ciência não pode explicar aquilo que aconteceu!”

No mesmo 11 de outubro de 2006 foi feito a um ‘ultra-som e aqui imediatamente a enorme surpresa. O ginecologista me disse que a dilatação do ventrículo já não era grande o suficiente para preocupá-lo; o que o preocupava, no entanto, ele foi o ACC, e explicou-nos o que as consequências poderiam trazer esta malformação. Mas nós já sabíamos.

frederica13O que nos surpreendeu foi o fato de que a partir de 30 junho – 2 outubro, a situação da nossa filha era a mesma e 11 de Outubro não era mais. Nós ficamos confusos. O Senhor e Nossa Senhora agiram em nossa filha? Nós pensávamos nisso, mas nós estávamos com medo de sermos desapontados e não pedimos aos médicos uma explicação. Para ter certeza esperamos o nascimento da criança.

A criança “decidiu” não nos fazer esperar muito tempo e nasceu antes. Eu fui para a cesariana em 13 de outubro, depois de apenas duas rodadas de admissão (note que 13 de outubro é um dia Mariano, é o dia da última aparição de Nossa Senhora em Fátima, o famoso dia em que teve lugar em frente do Milagre do Sol com dezenas de milhares de testemunhas. Estou certa de que minha filha nasceu nesta data não foi uma coincidência, mas a vontade de Nossa Senhora) e Federica foi imediatamente levado para o Departamento de Patologia Neonatal para se submeter a todas as investigações necessárias.

O médico estava certo: a dilatação dos ventrículos diminuiu muito (agora, de repente, era o limite superior do normal), em nosso filha não havia sintomas de hipertensão intracraniana e não era mais necessário operá-la. Estava ótima!

Meu marido pediu várias vezes para o chefe de patologia neonatal explicar, e, depois de ter tido tempo, e visto em conjunto com o neurocirurgião todos os ultra-sons antes do nascimento da criança, afirmou:

“A CIÊNCIA NÃO PODE EXPLICAR AQUILO QUE ACONTECEU !!!”

frederica4

Mais exatamente:

1. A obstrução que tinha causado a ventricolomegalia tinha desaparecido e em consequência o líquido cérebro-espinhal foi drenado adequadamente e os ventrículos não faziam mais pressão sobre o cérebro e não houve mais necessidade de intervenção cirurgica.

2. Não obstante a ventricolomegalia tenha sufocado o cérebro de Frederica durante as mais importantes e delicadas fases do seu desenvolvimento (a tal ponto que no quinto mês de gravidez a grande parte dos hemisférios cerebrais era preenchida de água) e não obstante a Agenesia do Corpo Caloso, os exames feitos após o nascimento mostraram que não existiam sinais nem sintomas de lesões e que o cérebro funcionava perfeitamente.

FREDERICA CRESCE SAUDÁVEL E FELIZ

Para controlar a dilatação dos ventrículos e detectar quaisquer atrasos psicomotores, os médicos do hospital de San Giovanni Rotondo decidiram que nos 12 meses seguintes levássemos Frederica para fazer exames precisos: a dilatação dos ventrículos estava estável e não haviam sinais de sintomas de hipertensão intracraniana, a Agenesia não apresentou nenhum sintoma e o desenvolvimento psicomotor de Frederica era absolutamente normal e até mesmo precoce, tanto que o neuropsiquiatra nos disse que não era necessário mais visitá-lo.

frederica15Aos dez meses começou a engatinhar e a ficar de pé sozinha: doce, afetuosa, inteligente, muito sociável, com tanta vontade de brincar, de se comunicar, de ser o centro das atenções, sorria para todos e amava muito dar e receber beijinhos.

Amava beijar sobretudo uma imagem de Jesus que temos. Foi amor a primeira vista.

 

Graças a minha filha, eu compreendi o quão grande é o amor de Jesus pelos homens e eu reencontrei a fé. Erramos muito quando pensamos que Deus não existe ou quando pensamos que Deus está distante e desinteressado ou quando pensamos que Deus não nos ama !

Traduzido do italiano para o português por Gabriel Paulino – editor do Portal Medjugorje Brasil – www.medjugorjebrasil.com.br

Link da matéria original: http://araldidellaregina.altervista.org/miracolo-questa-e-la-storia-a-lieto-fine-di-nostra-figlia-federica/

Se desejar adquirir um lenço de Medjugorje das lágrimas de Cristo, favor fazer a compra no botão verde abaixo:

BTN-TERCO